Com enorme pesar, a ACALME BRASIL comunica o falecimento do nosso querido Dr. Elisaldo Carlini, médico, professor da Unifesp e pesquisador pioneiro sobre o uso terapêutico da Cannabis no Brasil. Internado no Hospital Albert Einstein o Dr Carlini faleceu na data de ontem 16/09/2020, aos 91 anos.

O Prof. Elisaldo Luiz de Araujo Carlini formou-se em Medicina pela Escola Paulista de Medicina (EPM/Unifesp) em 1956, instituição na qual é professor emérito, foi professor do Departamento de Farmacologia e fundou o Departamento de Psicobiologia da EPM, além de ter fundado e dirigido o Centro Brasileiro de Informações sobre Drogas Psicotrópicas (Cebrid). Foi membro do Departamento de Medicina Preventiva da EPM e contribuiu para a formação do Instituto de Ciências Ambientais Químicas e Farmacêuticas, Campus Diadema da Unifesp. Foi orientador de diversos programas de pós-graduação, tendo formado gerações de pesquisadores (as) e cientistas. Até seu falecimento estava atuando como orientador de mestrado e doutorado do Departamento de Medicina Preventiva da Unifesp.

Foi presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e membro do Conselho Econômico Social das Nações Unidas (ECOSOC/ONU).

Doutor honoris causa de inúmeras universidades, dentro e fora do país, realizou estudos de pós-doutorado na Universidade de Yale. Foi membro do Expert Advisory Panel on Drug Dependence and Alcohol Problems, da Organização Mundial da Saúde (OMS) e pesquisador emérito do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Amigo próximo e parceiro de pesquisa, sobre o uso do canabidiol no controle de convulsões, do químico israelense Dr. Rafael Meshulam, conhecido como o “Pai da Cannabis”. Citado 12 mil vezes em pesquisas científicas nacionais e internacionais. Condecorado duas vezes pela Presidência da República por seu trabalho como pesquisador.

Por toda sua contribuição, o PL 399/2015 que regulamenta o cultivo e produção de medicamento à base de Cannabis no Brasil, sendo aprovado, tem abaixo-assinados o pedido que a Lei receba o nome de Lei Elisaldo Carlini, prestando devida homenagem ao pioneiro nos estudos sobre a Cannabis para controle de epilepsia no Brasil.

Carlini deixa esposa, docente da Unifesp, Solange Nappo, filhas e netos.

Com muito amor expressamos toda nossa gratidão ao Dr Carlini pelo legado deixado.

Plante Amor & Acalme-se.

Espalhe Amor

Leave a Comment